top of page
Buscar
  • Foto do escritorComunicação BH-TEC

#CIS2023: Palestra magna esclarece o que é ESG e diferenças com sustentabilidade


Andreia Marques durante palestra no Congresso de Inovação e Sustentabilidade do BH-TEC
Andreia Marques atraiu atenção de congressistas com a palestra sobre ESG | Amanda Dias/BH-TEC

O pontapé inicial do I Congresso de Inovação e Sustentabilidade (CIS), após a solenidade de abertura, ficou por conta da professora Andreia Marques, referência nacional em ESG (aquelas letrinhas para representar, em português, Ambiental, Social e de Governança). A palestra magna foi realizada no fim da manhã desta quarta-feira (24), primeiro dia de evento.


"Gostei muito do que foi falado na solenidade de abertura: é um momento muito bacana para a gente olhar para o futuro. Realmente, é muito bom estar de volta à ciência. Desde 2018, o termo ESG tem aparecido com mais frequência no noticiário, na academia. Mas o que é isso? É modismo?", introduz a palestra.


A especialista é consultora em ESG para grandes empresas, além de ser professora e pesquisadora com atuação na USP e Unicamp; coordenadora ESG no IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), núcleo interior de SP; e mentora na Baita Aceleradora; além de sócia-diretora na AMARQUES ASSOCIADOS.

Andreia Marques dá palestra no Congresso de Inovação e Sustentabilidade do BH-TEC
Professora tem atuação na USP e Unicamp | Amanda Dias/BH-TEC

"Quais são as diferenças e semelhanças entre ESG e sustentabilidade? Fizemos uma pesquisa qualitativa e fomos identificando esses pontos. Qual é a motivação da sustentabilidade? Apoiar ou ajudar as grandes causas da humanidade, da sociedade. E o ESG? Mais focado nos negócios, é cuidar da longevidade do business, do negócio", listou a estudiosa, que reservou a primeira parte da explanação para elencar esses pontos.


"Quais são os atores? Na sustentabilidade, governo, empresa, sociedade civil organizada ou as ONGs. E no ESG? É típico do setor privado", continuou.


'Não existe boa gestão sem ESG'


"Os fatores sociais e ambientais não são importantes porque não são financeiros. Ao contrário, eles são fatores pré-financeiros. Se não bem cuidados, bem gerenciados, se tornam também impactos no fluxo de caixa da organização. Portanto, devem ser cuidados como fatores de risco do negócio - e, se não bem cuidados, vai impactar", resumiu Andreia Marques.


A estudiosa ainda foi taxativa: "não existe boa governança, boa gestão, se não houver alinhamento com as questões sociais e ambientais".


Andreia Marques se aprofundou nas definições de ESG e, na segunda parte da palestra, abriu para perguntas para um auditório lotado - o interesse na explanação foi tamanho que outros dois locais reservados para a transmissão ao vivo ficaram cheios: no Hall e no Hub do BH-TEC.

Congressistas acompanham transmissão ao vivo de palestra de Andreia Marques
Espaços com transmissão ao vivo também ficaram cheios | Amanda Dias/BH-TEC

Veja a palestra na íntegra:


Programação CIS + Vitrine BH-TEC


64 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page