top of page
Buscar
  • Foto do escritorVirgínia Muniz

#ConexõesBH-TEC: Conheça a história da TCX

Montagem de dois momentos de reconhecimento da TCX
Grupo estrelado: à esquerda, André Luis Resende Monteiro, CIO da TCS Industrial, e Luan Pinheiro, Coordenador de Projetos de Visão Computacional, dão palestra; e Pamella Campos, Diretora Comercial, e Fernando Sousa, CTO, recebem prêmio do Ranking 100 Open Startups | TCX/Divulgação

O uso da inteligência artificial dentro da indústria base para economizar prejuízos e acidentes: seja em máquinas ou até mesmo com pessoas. Esse é o trabalho disruptivo desenvolvido pela TCX, que une a IA e tecnologia no campo da engenharia.


Spin-off da renomada TCS Industrial, a TCX nasceu com um ambicioso projeto liderado por André Monteiro, mestre em visão computacional e cientista da computação, que, em 2017, decidiu apostar suas fichas na inovação.


O ponto de partida foi a criação da célula de inovação conhecida como TCX. 


"Criamos a nossa célula de inovação como um projeto, que é a TCX, para trabalhar com inovação de ponta e levar digitalização para dentro da TCS Industrial, o que fez com que ela se tornasse uma empresa mais moderna, que não atendesse só à engenharia. Hoje, já temos um portfólio grande em tecnologia”, conta o também CIO (Chief Information Officer, ou Diretor de Tecnologia da Informação) da TCS Industrial.

André Monteiro
A mente por trás do projeto que deu vida à TCX: André Monteiro | TCX/Divulgação

Confira abaixo a reportagem especial sobre a startup integrante da primeira edição do Conexões BH-TEC - e aqui para ler sobre as outras participantes.


O início


O objetivo de integrar a tecnologia às atividades do setor industrial de engenharia envolvia não uma aplicação, mas uma solução completa: fim a fim. Quais foram as motivações para enfrentar esse desafio? O ambiente já bastante explorado e o conhecimento de todas as demandas e particularidades de uma grande indústria.


“Pelo fato da TCX fazer parte da TCS Industrial, a gente conseguiu desenvolver soluções fim a fim. Normalmente, muitas das empresas que trabalham nesse ramo param na parte da análise, não avançam para dentro do ambiente industrial e tomada de decisões, ações dentro das máquinas, dentro dos processos industriais”, explica o cientista da computação.


“Apresentamos essa ligação de solução fim a fim muito forte. A gente faz toda a análise usando a inteligência artificial, mas, também a partir disso, a gente consegue interferir ali no processo, nas máquinas, nas linhas de produção. Então, nisso, tivemos um caráter de pioneirismo muito forte”, ressalta André.


A importância


Já escutou o ditado que “o custo do cuidado é bem menor do que o custo do reparo”? Isso vale para tudo - inclusive para o ambiente industrial.


“O custo de você tomar uma ação corretiva é várias e várias vezes maior do que você tomar uma ação preventiva: não só no ambiente industrial, mas em qualquer ambiente. Ao atuar na prevenção você acaba atendendo vários processos regulatórios, o que é extremamente importante” ressalta André Monteiro.


“Uma hora, um minuto que é parada a produção por qualquer tipo de problema, você tem um custo muito maior do que se tivesse investido em uma solução de prevenção. Seja prevenção de desastres, limitação de fumaça, prevenção de acidentes de segurança…”, explica.


E é justamente na busca por atender variados ramos que a TCX hoje entrega soluções e projetos inovadores para diversas áreas.


Conheça algumas das soluções desenvolvidas pela startup:


Monitoramento em tempo real de carga: “Um exemplo são os caminhões de carga de madeira, de produção de papel. Se eles estiverem com muita casca de árvores, isso compromete a produção. Uma solução nossa é o monitoramento e verificação de qual a quantidade de casca que aquele caminhão tem durante o processo”.


Monitoramento em tempo real de carga feito pela TCX
Solução de análise de qualidade de carga no setor florestal com visão computacional e IA | TCX/Divulgação
Solução de análise de volumetria volumetria de pilha de eucalipto no setor florestal com visão computacional e IA.
Solução de análise de volumetria volumetria de pilha de eucalipto no setor florestal com visão computacional e IA | TCX/Divulgação

Análise de dados para otimizar processos: “Outra solução são nos processos de despoeiramento em uma indústria de aço. É um processo complexo: a partir da IA, conseguimos escolher parâmetros certos para que esse sistema reduza a quantidade de emissão de fumaça na atmosfera e reduza o gasto de energia ao mesmo tempo”.

Análise de dados para otimizar processos feita pela TCX
Monitoramento por visão computacional e IA de despoeiramento no setor da usina do cliente | TCX/Divulgação

Detecção de procedimentos errados dentro da indústria: “Caso algum trabalhador esteja perto de uma máquina que não poderia estar, ou em locais que não podem ser acessados, a partir das câmeras, identificamos a situação e emitimos um alerta: isso através da IA”.

Detecção de procedimentos errados dentro da indústria feita pela TCX
Segurança e monitoramento de área por visão computacional e IA | TCX/Divulgação

Conexões BH-TEC


Há 6 anos no mercado, iniciando sua atividade como projeto de inovação, a TCX se tornou uma spin-off especialista na Indústria 4.0. O próximo passo? Alcançar novos horizontes, mercados e aprendizados.


"Estamos sempre buscando a expansão para outros mercados. Queremos abrir horizontes e atuar em diferentes segmentos, tais como o Setor Aeroportuário, na Indústria Alimentícia, dentre outros", conta André.

Equipe da TCX
Uma startup da Indústria 4.0 | TCX/Divulgação

"O Conexões BH-TEC trabalhou conosco em várias disciplinas que, no dia a dia da operação, não conseguimos visualizar sem uma perspectiva externa. Então, essa conexão com outras pessoas foi fundamental, auxiliando-nos a identificar aspectos cruciais para a melhoria contínua de uma startup. Foi uma experiência nova", finaliza André Monteiro.

89 visualizações0 comentário
bottom of page