top of page
Buscar
  • Foto do escritorVirgínia Muniz

Encontro de Gigantes: Empresas líderes compartilham programas de inovação no BH-TEC

Atualizado: há 6 dias

palestrantes do sexta no parque maio
Petrobras, Cemig, Patrimar e Fiemg no Sexta no Parque | Virgínia Muniz/BH-TEC

"Esse tipo de evento é o que realmente cumpre a missão do BH-TEC de criar pontes entre a academia e as empresas". A frase de um dos palestrantes resume o Sexta no Parque de maio: compartilhar com toda a comunidade o que está sendo desenvolvido e - as tendências - na área de inovação em corporações gigantes.


O tradicional encontro mensal reuniu gestores do segmento de inovação da Petrobras, Cemig, Patrimar e Sistema Fiemg. Os palestrantes destacaram algumas das iniciativas em andamento, como o Conexões para Inovação (Petrobras) e o Inova Cemig, detalhado pelo gerente de Inovação da companhia, Guilherme Amaral, autor da frase que abre esta reportagem.


"O evento foi super rico! Um debate super importante sobre inovação em grandes empresas e a importância desse relacionamento com o ecossistema de startups, as instituições de ciência e tecnologia e as universidades”, destacou a gerente de Inovação do IEL Minas, Mariana Yazbeck.

Gerente de Inovação IEL Minas, Mariana Yazbeck, fala durante Sexta no Parque
Mariana apresentou as inciativas de um dos principais atores do ecossistema de indústrias mineiras, o Sistema Fiemg | Virgínia Muniz/BH-TEC

Além da apresentação dos programas, a coordenadora de Inovação do Grupo Patrimar, Ana Luiza Dolabella, compartilhou o desafio de estruturar a gestão da inovação a partir do zero.

Coordenadora de Inovação do Grupo Patrimar, Ana Luiza Dolabella, fala durante Sexta no Parque
Coordenadora de Inovação do Grupo Patrimar, Ana Luiza Dolabella | Virgínia Muniz/BH-TEC

Investimento dos próprios programas


Tanto Pedro Ivo, coordenador de Inovação Aberta da Petrobras, quanto Guilherme Amaral, da Cemig, ressaltaram a importância da presença das organizações nos parques tecnológicos e, especificamente, no BH-TEC para a implementação dos programas de inovação nas empresas.


participantes sexta no parque maio
O Sexta no Parque lotou o auditório do Parque Tecnológico de BH | Virgínia Muniz/BH-TEC

"Hoje, no Conexões, a gente tem um papel muito grande de capilarizar o programa. Então, é super importante estarmos presentes nos parques tecnológicos, nas universidades, em hubs de inovação", afirmou Pedro Ivo, antes de completar:


"Fazemos questão de sempre estar presente nesses espaços porque a base do programa é ampliar a nossa base de parceiros, dar competitividade para os nossos desafios e é fundamental para a Petrobras estar presente em todos esses entes do ecossistema”, finalizou.

Coordenador de Inovação Aberta da Petrobras, Pedro Ivo, fala durante Sexta no Parque
Pedro Ivo, coordenador do programa de inovação aberta na Petrobras | Virgínia Muniz/BH-TEC

"Esses eventos possibilitam que a gente consiga aplicar os nossos programas, de fato, pra adensar o ecossistema de inovação aqui de Belo Horizonte. Trabalhar junto com o BH-TEC nisso, é o nosso principal objetivo!", concluiu Guilherme Amaral.

Gerente de Inovação Aberta da Cemig, Guilherme Amaral, fala durante Sexta no Parque
Gerente de Inovação Aberta da Cemig, Guilherme Amaral | Virgínia Muniz/BH-TEC

Lotação máxima!


O evento, além de reunir empresas de peso, contou com lotação máxima de participantes no auditório no BH-TEC, que esgotaram as inscrições. A próxima edição do Sexta no Parque acontece no início de junho.


Acompanhe as redes sociais do BH-TEC para ficar por dentro de tudo o que vai rolar!

24 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page